Acesse o fogo que brilha em você

Dentro de nós, há a mais pura luz

Sempre nos disseram que é muito importante buscar enxergar as situações da nossa vida em diversos ângulos… Porém, nem sempre nos lembramos disso e acabamos emaranhados em conflitos aparentemente sem soluções.

Às vezes, o que pode ser resolvido de maneira tão simples, se complica, deixando o caminho cheio de obstáculos. É como se, frente a várias opções, enxergássemos apenas uma: a mais longa e cheia de pedras… A princípio, acreditamos que só há essa opção e  insistimos em continuar por essa trilha; repetimos para nós mesmos – e acreditamos nisso, que não há outra escolha: “ Me contento com essa estrada ‘capenga’ e tento fazer o melhor que eu posso”.

Vamos colocar alguns pontos:

Primeiro: se há estradas “capengas” em nosso caminho e se estamos trilhando-a, foi por escolha nossa. Segundo: por qual motivo você se contentaria em trilhar esse tal caminho sem luz? Você é filho de um Poder Maior e dentro de você há uma luz pura, divina e intocada. Sendo assim, a sua trilha não pode ser diferente de uma trilha iluminada, não é verdade!?

Não se acomode, não pense que só há essa opção, que Deus ou o destino quiseram assim… Mexa-se! Mude! Não sossegue até que você encontre uma bela estrada pra trilhar, digna da sua essência… E não desista! Acredite! Essa estrada existe. É só você se permitir enxergá-la!

Imagine-se no seu círculo familiar, de amigos ou no trabalho. Sabe aquela pessoa que você, definitivamente, não tem nada a favor? Aquela pessoa que você tem raiva? Ou pela qual você alimenta sentimentos de frustração, medo ou mágoa? Como você age com ela?

Certamente, frente à pessoa que você tem raiva, você muda o seu tom de voz e distribui algumas palavras duras, não é verdade?! Frente à pessoa que você se sente amedrontada, você se diminui, se rebaixa, se apaga… Com aquela que te magoou, você ignora, evita e, muito provavelmente, carrega dentro de si um desconforto.

Ok. Isso está acontecendo. Pessoas que causaram mágoas e que foram desonestas e rudes participam do nosso dia-a-dia e, por isso, as tratamos de forma diferente, com um lado nosso “não tão doce” assim, certo? Errado!

Que tal buscarmos outra maneira de lidar com essa situação? Não é porque essas pessoas lhe fizeram algum mal, que você tem que tratá-las com aspereza ou indiferença… “com cinco pedras na mão”. Quando fazemos isso, estamos exercitando o nosso lado que está longe da luz, distante da nossa essência. Ao agirmos dessa maneira, mudamos nosso padrão energético e acabamos por vibrar e, consequentemente atrair, aquilo que nós, enquanto seres divinos, não queremos.

Se a pessoa foi rude com você, desonesta, injusta ou te humilhou, tente, agora, que você tem consciência do poder da sua luz interna, compreender que ela está no seu momento de evolução… Que essa pessoa escolheu a estrada sinuosa e com muitos obstáculos, mas, assim como todos nós seres humanos, tem as suas lições para fazer e muito o que aprender.

Lembre-se: Dentro do seu ser há um lado lindo, doce, suave… onde reside a chama do amor divino. É essa chama que nos torna capazes de amar incondicionalmente, de compreender, de respeitar e de exercitar a nossa compaixão. Acesse esse fogo que brilha no seu coração (ele existe, te garanto!) e aja com doçura com esses seres. Caso contrário, você estará dando nas mãos dessas pessoas o poder de te afastar do SEU melhor e, estará optando por fazer companhia a ela na estrada “capenga”. Tenham em mente que se certa pessoa ainda não está disposta a acessar o melhor que há dentro dela e trabalhar naquilo que a livrará de ilusões e falsas verdades, é um problema que ela tem que administrar; tudo tem seu tempo, até que um dia ela enxergue os outros tantos caminhos que a vida oferece.

Você também tem seus aprendizados, porém essa lição não é mais sua. Você é capaz de compreender e optar pela estrada bela e florida. Aja de acordo com a sua essência e seja você em toda e qualquer situação.

Tudo é uma questão de escolha. Tudo depende de quantos caminhos você está disposto a enxergar.

Amor, luz e consciência. Sempre.

Cíntia Michepud

2 comentários Adicione o seu

  1. Miriam disse:

    Eu acredito que a vida não tão complicada assim como muitas vezes achamos, somos nós mesmos é que complicamos bjs

    1. Cíntia Michepud disse:

      Sem dúvida, Miriam! Tudo é mto simples… nós que, alimentando o nosso ego e nossas ilusões, dificultamos o que deveria ser fluído e harmônico.
      Bjos

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s