Vamos aprender a ser feliz?

Vamos ser feliz?

“A felicidade se faz, não se acha.”
E. J. Hardy

Lendo um livro da Maria Silvia Orlovas, me deparei com o seguinte parágrafo: “(…) precisamos aprender a felicidade. Sim, meu amigo leitor, felicidade se aprende, não vem pronta. A felicidade são plantas e jardins que podem ser cultivados.”

Que riqueza pode-se encontrar nessas linhas. Paremos para pensar: vivemos adiando a felicidade… Esperamos um novo emprego, uma promoção, um namorado, 2 kg a menos, 2 kg a mais… Enquanto isso, a vida vai passando, assim como as inúmeras oportunidades de aprendizado e felicidade.

Vivemos tão enclausurados em nossos ínfimos problemas  -sim, ínfimos: reflita sobre a grandeza do seu espírito e o poder de ter o seu próprio destino nas suas próprias mãos… – que esquecemos de considerar que a escolha de lidar com eles como se fossem monstros gigantescos ou um pedregulho de 2 cm na nossa estrada, é nossa.

Enquanto esperamos a ‘felicidade chegar’e a ‘vida começar’, nos esquecemos que ESTA é a nossa vida, com desafios, surpresas, aprendizados… muitas alegrias e algum sofrimento (nessa ordem, de preferência – a escolha é sua!) e que ela, a vida propriamente dita, já começou.

Se viemos para esta escola chamada Terra, foi para usarmos o tempo que aqui temos, para nos tornarmos seres melhores, mais próximos de nossa luz. Por isso, não o desperdice com inseguranças e medos. Pense que eles não são capazes de te perturbar, uma vez que você está em busca da sua essência, de atingir a unicidade com o seu poder…

Nada do que não é perfeito e harmônico vale a sua paz de espírito… nada do que não for de luz é capaz de tirar-te do teu centro, a não ser que permitas. Lembre-se: Se somos filhos do Criador – de um ser maior e poderoso – Alá, Deus, o Eterno… nomeie como desejar, somos perfeitos e poderosos o suficiente para lidarmos com as adversidades de forma tranqüila e serena.

Portanto, meus queridos, entendam que precisamos aprender a ser felizes… o quanto antes! O tempo passa, oportunidades passam. Vamos ser felizes com o que temos, com o que somos e com o que sabemos agora…pare de adiar este estado de espírito que é naturalmente seu.

Do que você tem medo? De descobrir que a sua vida é belíssima? De se acomodar por causa disso ou temer o futuro incerto que pode tocar este estado aparentemente ‘intocável’ de felicidade?

É chegada a hora de deixarmos o que há de melhor dentro de nós nos guiar. A nossa vida é belíssima agora e também poderá ser amanhã, depois, no mês que vem… Tudo depende da maneira que encaramos os tais problemas… o tamanho que resolveremos dar a eles.

Não se preocupe com a palavra ‘acomodação’. Uma vez que você está com sua luz, ela não deixará que o comodismo te atinja. É como em um jogo de vídeo game: quando passar de ‘fase’, ela vai buscar novos desafios, novos aprendizados…

Viva assim. E, consequentemente você vai conhecendo pessoas indescritíveis, vivendo situações inimagináveis e ganhando ‘estrelinhas e bônus’, para que o caminho rumo à perfeição maior vá se tornando mais fácil e prazeroso.

Amor, luz e consciênia. Sempre.

Cíntia Michepud

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s