Pré-ocupar, para que?

O valor do tempo

Bom dia, amados seres de luz,

Quantas vezes vocês já se preocuparam com algo na vida de vocês? Muitas, não é? Porém, vocês sabiam que esse tipo de pensamento faz com que envelheçamos?

Isso pode parecer estranho, afinal a ligação entre preocupação e envelhecimento parece muito distante. Porém, como sabemos, os padrões de pensamento que emitimos são responsáveis por nosso estado físico e mental, alterando-os completamente, conforme vamos mudando aquilo que se passa em nossas cabeças.

Um exemplo bem claro disso é o olhar e a disposição física das pessoas. Vocês provavelmente já viram o olhar de alguém muito feliz… Não parece que ele solta faíscas, expressando uma felicidade sem limites? Provavelmente, também, já observaram a fisionomia e o olhar de pessoas preocupadas… parece que elas estão “apagadas”, sem brilho e sem energia, como se estivessem carregando o mundo nas costas.

Isso ocorre porque a preocupação faz com que você viva fora de seu tempo, seja no passado ou no futuro. Ao se pré-ocupar com algo, você sai do “agora”, acelerando sua mente em busca de respostas por aquilo que já foi (passado) ou que ainda virá (futuro).

Tenham em mente que o passado já aconteceu. Devemos aprender com as falhas e acertos que tivemos e continuar seguindo em frente no nosso caminho.  Se já conseguimos entender que algo que fizemos poderia ser melhorado, isso significa que crescemos e aprendemos mais uma lição.

O mesmo ocorre com o futuro: ao nos projetar tão longe, com coisas que ainda não ocorreram, esquecemos de construir os passos no presente. Devemos, sim, fazer planos para a vida, projetando o que é o ideal para nós. Mas não podemos nos esquecer de caminhar no agora, construindo solidamente o caminho para todos os planos e projetos.

Ao conseguir viver no hoje, excluímos a preocupação e a ansiedade da vida. Problemas todos teremos, mais cedo ou mais tarde. O que vai mudar é o “como” escolhemos lidar com eles. E o entendimento de que problemas são grandes oportunidades de melhorar e evoluir é fundamental para a manutenção do nosso equilíbrio e serenidade.

Ou seja, ao invés de acelerar o estado mental se pré-ocupando, mantenha a mente serena e tranquila, dando ao problema seu tamanho real e se abrindo para soluções criativas que aparecem quando conseguimos nos focar em nós mesmos. Procure, por alguns minutos, ser um “observador” do seu problema. Pode ter certeza que, ao fazer isso, você terá mais clareza sobre a atuação que deverá ter sobre ele; é como “olhar de fora”, sem a grande intensidade de emoções que nos envolve quando estamos no meio do “turbilhão”.

Viva os dias plenos e cheios de harmonia. Dê significado para cada coisa que ocorrer em sua vida. Aproveite cada um dos desafios que se impõe a você como uma oportunidade a ser descoberta e aprendida.

Dessa forma, você mandará para longe os sentimentos que te fazem empacar no passado ou no futuro, colocando em sua frente os caminhos para atingir a tão sonhada (e realizável, acreditem) felicidade.

Luz, amor, sabedoria e prosperidade a todos,

Namastê,

Pedro Michepud

2 comentários Adicione o seu

  1. Vanessa disse:

    Otimo post!
    Cada dia mais aprendo com vocês… Obrigada!

    1. Olá Vanessa, tudo bom?
      Nós é que agradecemos por sua visita e elogio.
      Uma ótima semana!
      Namastê

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s