Sentir-se só…

sozinha e feliz

Querido leitor, companheiro diário dessa busca por conhecimento,

Você já passou por alguma situação em que se sentiu só, mesmo com muitas pessoas ao seu redor?  Numa festa, num barzinho ou até dentro da sua própria casa?… Cada pessoa com interesses próprios… Aí você conversa com elas, e acaba por descobrir que em meio a tantos egos, você se sente sozinho. Não há uma sintonia de alma… E você lá, participando de conversas que nada agregam (às vezes muito pelo contrário), mas muitas vezes,  para não “ficar chato”, dá atenção a todos (às vezes exercitando sua paciência).

Aí, percebe que no meio daquelas pessoas, você estava acompanhado somente de si mesmo… E mais… descobre que, de fato, você é sua melhor companhia…

Esse é o tema do poema que segue. O título é “O convite” e nos remete a esta reflexão.

A autora mora no Canadá e teve a oportunidade de estudar com índios americanos. Aprendeu com eles os fundamentos da medicina xamânica. Além dos ensinamentos que fizeram dela um exemplo de vida, os índios também foram responsáveis pelo nome que a fez ser conhecida mundialmente: Oriah Mountain Dreamer, ou Sonhadora das Montanhas, que significa aquela que gosta de expandir os limites e pode ajudar os outros a fazer o mesmo.

Vamos a leitura!

“Não me interessa o que você faz para ganhar a vida.
Quero saber o que você deseja ardentemente, se ousa sonhar em atender aquilo pelo qual seu coração anseia.
Não me interessa saber a sua idade.
Quero saber se você se arriscará a parecer um tolo por amor, por sonhos, pela aventura de estar vivo.
Não me interessa saber que planetas estão em quadratura com a sua lua.
Quero saber se tocou o âmago de sua dor, se as traições da vida o abriram ou se você se tornou murcho e fechado por medo de mais dor!
Quero saber se pode suportar a dor, minha ou sua, sem procurar escondê-la, reprimi-la ou narcotizá-la. Quero saber se você pode aceitar alegria, minha ou sua; se pode dançar com abandono e deixar que o êxtase o domine até a ponta dos dedos das mãos ou dos pés, sem nos dizer para termos cautela, sermos realistas, ou nos lembrarmos das limitações de sermos humanos.
Não me interessa se a história que me conta é a verdade.
Quero saber se consegue desapontar outra pessoa para ser autêntico consigo mesmo, se pode suportar a acusação de traição e não trair a sua alma.
Quero saber se você pode ver beleza mesmo que ela não seja tão bonita todos os dias, e se pode buscar a origem de sua vida na presença de Deus. Quero saber se você pode viver com o fracasso, seu e meu, e ainda, à margem de um lago, gritar para a lua prateada: ‘Posso!’
Não me interessa onde você mora ou quanto dinheiro tem.
Quero saber se pode levantar-se após uma noite de sofrimento e desespero, cansado, ferido até os ossos, e fazer o que tem de ser feito pelos filhos.
Não me interessa saber quem você é e como veio parar aqui.
Quero saber se você ficará comigo no centro do incêndio e não se acovardará.
Não me interessa saber onde, o quê, ou com quem você estudou.
Quero saber o que o sustenta a partir de dentro, quando tudo o mais desmorona.
Quero saber se consegue ficar sozinho consigo mesmo e se, realmente, gosta da companhia que tem nos momentos vazios.”

Desejo que todos nós possamos, no trilhar de nossas vidas, encontrar pessoas cujos interesses venham de encontro aos de nossa alma.

Um Salve à Vida!

Beth Michepud

Anúncios

2 comentários Adicione o seu

  1. Manuela disse:

    UAU! È isso que eu chamo a companhia IDEAL!
    Espero sempre encontrar alguém assim.

  2. Beth Michepud disse:

    Manuela,

    você já encontrou alguém assim!!! Você!!!!
    Ficamos muito felizes por você nos deixar entrar em sua vida e por podermos contar com sua companhia ! Ela é muito importante aqui!!!!
    Muito obrigada pelo carinho de seu comentário.
    Beijo!!!
    Beth

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s