O que tem do lado de lá da sua janela?

lago

Antes de qualquer comentário, indico a leitura deste texto chamado “Janelas de Hospital”, de autoria desconhecida.

 “Certa vez, dois homens estavam seriamente doentes na mesma enfermaria de um grande hospital.
O cômodo era bastante pequeno e nele havia uma única janela que dava para o mundo.
Um dos homens tinha, como parte do seu tratamento, permissão para sentar-se na cama por uma hora durante as tardes (algo a ver com a drenagem de fluido dos seus pulmões).
Sua cama ficava perto da janela. O outro, contudo, tinha de passar o seu tempo deitado de barriga para cima.
Todas as tardes, quando o homem cuja cama ficava perto da janela era colocado em posição sentada, ele passava o tempo descrevendo o que via lá fora.
A janela, aparentemente, dava para um parque onde havia um lago.  Havia patos e cisnes no lago e as crianças iam atirar-lhes pão e colocar na água barcos de brinquedo. Jovens namorados caminhavam de mãos dadas entre as árvores e havia flores, gramados e jogos de bola. E ao fundo, por trás da fileira de árvores, avistava-se o belo contorno dos prédios da cidade.
O homem deitado ouvia o homem que estava sentado descrever tudo isso, apreciando todos os detalhes. Ouviu sobre como uma criança que quase caiu no lago e sobre como as garotas estavam bonitas em seus vestidos de verão.
As descrições do seu amigo, eventualmente, o fizeram sentir que quase podia ver o que estava acontecendo lá fora.
Então, em uma bela tarde, ocorreu-lhe um pensamento: por que o homem que ficava perto da janela deveria ter todo o prazer de ver o que estava acontecendo?   Por que ele não podia ter esta chance?
Sentiu-se envergonhado, mas quanto mais tentava não pensar assim, mais queria uma mudança. Faria qualquer coisa!
Numa noite, enquanto olhava para o teto, o outro homem subitamente acordou tossindo e sufocado; suas mãos procurando o botão que faria a enfermeira vir correndo. Mas ele observou,  sem se mover, mesmo quando o som da respiração parou.
De manhã, a enfermeira encontrou o outro homem morto e,  silenciosamente, levou embora o seu corpo.
Logo que pareceu apropriado, o homem perguntou se poderia ser colocado na cama perto da janela. Então, colocaram-no lá, aconchegaram-no sob as cobertas e fizeram com que se sentisse bastante confortável.
No minuto em que saíram, ele se apoiou sobre o cotovelo, com dificuldade e sentindo muita dor, e olhou para fora da janela.
Viu apenas um muro …”

A partir desta mensagem, podemos tirar várias lições e, especialmente, duas delas tocaram o meu coração.
A primeira, nos ensina o amor ao próximo: o companheiro de quarto com vista para a janela, ao invés de passar a realidade sem vida do muro, criava uma imagem cheia de vibrações positivas na cabeça de seu companheiro que já sofria por não ter a chance de ver o mundo com seus próprios olhos.

Podemos, sim, amenizar a vida daqueles que nos cercam e interromper o ciclo de sofrimento em que as pessoas estão vivendo… Se uma fofoca chegar até você, não a espalhe… Se você se deparou logo cedo com um familiar mal-humorado, não entre na sua vibração e não permita que essa energia se expanda ao longo do seu dia e contamine outras vidas…

A segunda lição que podemos tirar deste texto é de que a vida é, sempre foi e sempre será aquilo que a tornamos, ou seja, você pode ter muitos problemas e dificuldades, porém, o peso que dará a eles depende de você; a forma como você os enxerga pode ser o diferencial para resolvê-los.

Quantas pessoas possuem tudo o que a ‘sociedade’ julga como essencial e, mesmo assim, são infelizes. Em meio a luxos, dinheiro e o carros do ano, muita gente ainda é incapaz de enxergar a beleza da vida nos pequenos detalhes. Você já reparou na energia postiva emanada pelo sorriso daquele seu amigo, que senta ao seu lado? Ou no carinho de um parente seu que resolveu te ligar só para desejar bom dia? Ou simplesmente no sol raiando trazendo uma nova chance para sermos felizes?

Pois é, meus queridos, às vezes pintamos a tela de nossas vidas com as piores tintas e deixamos de viver momentos maravilhosos por “falta de visão”.

Que, agora, com essa consciência, isso não aconteça mais.

Amor, luz e consciência. Sempre.

Cíntia Michepud

Anúncios

6 comentários Adicione o seu

  1. rafastumpf disse:

    Pois é, as vezes um simples sorriso basta pra mudar uma vida e as vezes guardamos esses sorrisos somente a nós.
    Linda Reflexão.
    Uma ótima semana a vocês do SU.

    Namastê

    1. Cíntia Michepud disse:

      Verdade Rafael. Então, está na hora de compartilharmos as nossas alegrias para que possamos, cada vez mais, multiplicar sorrisos.
      Linda semana!

  2. Bruna Angelica disse:

    Ahhh gente.. Quando irá dar-se início às palestras? rsrsrs Não vejo a hora! Este encontro será magnífico… Também pensei em vocês inaugurarem um centro, um local para encontros semanais mensais etc, rsrsrs como um centro espírita mas com a cara do SU, uma Instituição de Sabedoria Universal!!! Onde seria oferecido palestras, cursos e atendimentos pessoais.. Com trabalhos voluntários, bazares beneficentes etc. Bem, é uma idéia rsrsrs! Abraços e obrigada pelo ótimo texto…

    1. Cíntia Michepud disse:

      Bruna,
      É mto bacana quando vemos pessoas animadas com o nosso trabalho como você! Isso nos incentiva!!!
      Estamos divulgando as palestras e procurando a melhor data e o tema que seria mais interessante. Fique tranquila que será tudo divulgado aqui no nosso blog…
      A idéia da Instituição Sabedoria Universal também é muito legal!!! Já viajei junto com você e até já imaginei o espaço. O primeiro passo é visualizar e acreditar, não é mesmo?

      Uma semana abençoada!
      Bjs.

  3. Deise Lemos de Almeida disse:

    Cintia,
    é uma dádiva receber uma mensagem como essa. As vezes a gente se acha até meio maluca por pensar que o que deveria ser para todos normal, soar como tolice ou perda de tempo.
    Compartilhei logo cedo com amigos do facebook, mas, preciso mais uma vez deixar registrado aqui o meu muito obrigada!
    Um grande abraço,
    Deise Lemos

    1. Cíntia Michepud disse:

      Deise,
      Eu quem agradeço o seu carinho, comentário e por compartilhar e passar adiante nossas mensagens.
      O importante é mantermos nossas mentes sempre serenas para que possamos olhar a vida com os olhos da alma. Nada é perda de tempo quando o desejo é do coração, não é verdade?
      Bjs e boa semana!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s