Transformações conscientes. É possível?

oportunidades nas mudanças

Muito já foi falado sobre mudanças e crises, mas como qualquer assunto, podemos olhar sob diversos ângulos, como um prisma de luz que se transforma em muitas cores.  Pensando assim, resolvi trazer para reflexão mais um aspecto do assunto ‘mudanças e crises’.

Viver significa mudar e mudança é sempre um desafio que pode gerar frustração, alívio, ameaça; pode nos entristecer ou nos alegrar… Mas uma coisa é certa: obriga-nos a crescer, a corrermos riscos e a sermos mais flexíveis.

A mudança, quase sempre, vem acompanhada de uma crise, talvez por isso a tememos tanto. Para os gregos, a palavra crise tem origem no vocábulo krines, que significa “separação de caminhos”. Já os chineses têm duas palavras para designar a crise; uma significa “perigo”, a outra: “oportunidades.” Numa perspectiva mais ampla, aquilo que parece ser perigoso, geralmente, nos oferece grandes oportunidades de crescimento. É a forma como a vida nos chama para sermos tudo aquilo que podemos ser.

Como passar pelas crises e mudanças em nossa vida?  Compreensão é a palavra-chave, percepção é outra.

Se estivermos atentos, podemos sentir a aproximação de uma grande mudança, através dos seus sintomas: uma profunda inquietação, um anseio indefinível, um aborrecimento inexplicável, a sensação de estar paralisado…

As mudanças também podem ser percebidas através dos seus estágios. É como uma jornada, com sete passos:

  1. Forma – É neste ponto que toda mudança se inicia. É quando começamos a ver os hábitos, atitudes e crenças que acumulamos em nós e que nos revela quem acreditamos ser.
  2. Desafio – Inicia quando a nossa forma é desafiada, ou seja, nossos hábitos, crenças e atitudes. Vem acompanhado de uma crise, um trauma, uma desilusão.
  3. Resistência – É quando a nossa antiga forma de ser e a nossa nova percepção travam uma batalha de ambivalência e indecisão. Queremos continuar como era antes, mas o empurrão mais forte se dá em direção ao novo.
  4. Despertar – Essa é a parte alegre deste ciclo de mudança, quando, finalmente, paramos de lutar com o que aconteceu, com o passado e reconhecemos um novo ponto de vista.
  5. Compromisso – Neste estágio, temos que fazer escolhas que nos ajudem a deixar claro para nos mesmos, o nosso novo objetivo, uma nova direção para nossas vidas.
  6. Purificação – É uma fase dolorosa, onde antigas mágoas e medos podem ressurgir para serem reconhecidos e transformados. É tempo de morrer para o velho e por à prova a nossa fé no novo.
  7. Entrega – Finalmente, morremos para o velho. A antiga forma fica sendo uma lembrança e nos transformamos na nova crença.  

 Aprender a ver os processos de mudança como um rito de passagem que marca começo, meio e fim, uma renúncia, para que possamos receber um bem maior, é o desafio de todos nós.

Fonte: Livro “ As Sete Etapas de uma Transformação Consciente”, Glória D. Karpinski. Ed Pensamento.

Bons ventos lhe soprem o que precisa para ser feliz!

Márcia de Lucena Saraceni


4 comentários Adicione o seu

  1. Luana disse:

    “Bons ventos lhe soprem o que precisa para ser feliz!”

    adorei!

    1. Márcia disse:

      Grata Luana pelo seu comentário. Esperamos sempre vê-la por aqui.
      Abs
      Márcia

  2. Bruna Angelica disse:

    “(…) Tanto você quanto eu somos escolhedores infinitos. Em nossa vida, a todo momento, entramos no campo de todas as possibilidades, onde temos acesso a uma infinidade de escolhas. Algumas dessas escolhas são feitas conscientemente. Outras não. Portanto, a melhor maneira de entender e utilizar o máximo a lei do carma é estar conscientemente alerta para as escolhas que fazemos a todo momento. (…)”

    1. Márcia disse:

      Bruna, é isso mesmo e além do mais, é necessário que nos responsabilizemos pelas nossas escolhas, só assim aprendemos com cada uma delas.
      Paz e Luz!
      Márcia

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s