A sabedoria está em você…

reflexão

Você já se perguntou, alguma vez, se possui ou não sabedoria?  Você sabe fazê-la florescer e utilizá-la em prol de sua existência e da humanidade? Eu penso que a sabedoria é uma luz eterna que habita dentro de nós e que somente a reflexão é a chave que liberta o conhecimento.

Convido você à leitura do texto abaixo, de autoria de Daniel C. Luz,  que ilustra de forma “divertida” o quanto todos somos sábios por natureza.

“Em nossa cultura, vivemos equivocadamente com a idéia de que a informação é o que torna as pessoas eficientes e poderosas. As pessoas vão à escola por anos para adquirir informação o bastante para saber como fazer algo, na esperança e na expectativa de que as informações as levarão ao sucesso na vida. Todavia, embora valiosas, as informações sozinhas não são a fonte da ação, nem levam alguém a ser eficiente e poderoso no mundo.

Há uma diferença entre adquirir conhecimento e informação e possuir sabedoria. Você poderá obter conhecimento em uma universidade, com seus relacionamentos, com os livros que lê, e com todas as atividades das quais participa. Mas você estará também adquirindo sabedoria?

O dicionário define “sabedoria” como  a qualidade de ser sábio… inclui a habilidade para julgar e lidar com pessoas situações, etc., de forma correta, baseada em um grande alcance de conhecimento. Em outras palavras, o sábio é aquele que tem habilidade para ver o significado profundo das coisas. Mas, para manifestar sabedoria, o indivíduo deve ter desenvolvido uma certa  profundidade de reflexão. Então, estaremos em posição para avaliar as nossas experiências e aprendermos com elas.

O que você faria se alguém lhe garantisse que você conhece o segredo a vida e o colocasse num palco para contá-lo? Um determinado programa de televisão no estilo câmera oculta criou uma “pegadinha” sobre este tema. Para a realização da brincadeira, deram a um entregador de Federal Express (Fedex) um pacote para ser entregue num templo religioso (também criado pelo programa). Sem que o entregador soubesse, a equipe conseguira uma fotografia sua para reproduzir na parede do templo, com os trajes místicos da fictícia seita.

Com a chegada do entregador, os discípulos (figurantes contratados) começaram a olhá-lo de modo estranho, enquanto cochichavam excitadamente. Conduziram-no para dentro do templo e o convidaram para sentar numa almofada de honra. Revelaram-lhe que ele era o escolhido, o esperado profeta de que falavam suas escrituras havia tanto tempo! E para que não restasse dúvidas, um dos servos abriu as cortinas do altar – onde, oh, céus! – via-se na parede um retrato do entregador, “pintado há séculos por um vidente”.

– Por favor, rogou um discípulo, dê-nos algumas palavras de sabedoria.

O moço examinou o retrato e olhou para os ansiosos discípulos à sua volta. Silêncio. Após sentar-se na almofada, o entregador respira fundo e diz:

– A vida, explicou o santo, é como um rio…

– Oh!!! Clamavam os discípulos, pasmados com a sua declaração. Bebiam fervorosamente cada palavra sagrada.

–  Às vezes o rio flui tranquilamente. Mas às vezes, nos deparamos com pedras e cachoeiras, ilustrou o guru. Mas, se você se apegar na fé, em breve chegará ao oceano dos seus sonhos.

Com esta, os discípulos quase desmaiaram de êxtase!

– Oh!!! Com toda certeza chegara o dia que eles tanto esperavam!

– É isso aí…   concluiu   o entregador, agora vocês me dêem licença que eu tenho outras entregas para fazer.

Os devotos levantaram-se contrariados, curvaram-se reverentemente e abriram caminho para a passagem do ungido. E lá se foi o entregador, em meio à profunda veneração, em direção à porta.

Note agora um detalhe curioso desta situação: o programa fez a mesma brincadeira com vários entregadores da Fedex e todos encontraram palavras cheias de sabedoria no momento em que sentaram na almofada! O convite a um mergulho no mundo interior trouxe à tona sabedoria inata daqueles entregadores.

Bem no fundo de nosso coração, cada um de nós tem conhecimento da verdade. As respostas que procuramos  habita dentro de nós mesmos. Basta uma oportunidade (ser colocado sobre a almofada) ou um desafio (ser pressionado contra a parede) e saberemos exatamente o que é preciso saber, o que é necessário fazer.

O Criador colocou, nas profundezas de nosso coração, a semente da sabedoria, basta apenas um pouco de reflexão e nos despojarmos dos nossos preconceitos para que ela floresça com todo vigor e beleza. E então, nas nossas atitudes e decisões, haverá sobriedade, clareza, compreensão, assertividade, justiça, respeito, comprometimento, etc., e enfim, sabedoria.”

Amigos, espero que tenhamos sempre nossa “almofada” à mão!!!

Um Salve à Vida!!!

Beth Michepud

Anúncios

2 comentários Adicione o seu

  1. Maria Helena disse:

    Beth, que bacana! Muito legal mesmo! Uma das pessoas mais sábias que conheço não teve estudo, mas me ensina coisas que eu jamais aprenderia em qualquer escola! As pessoas mais simples muitas vezes são as que nos ensinam as mais valiosas lições de vida! O seu post de hoje me fez refletir sobre tantas coisas, me fez lembrar de tantas pessoas iluminadas que Deus colocou no meu caminho! Só tenho a agradecer! Mais uma vez, obrigada por compartilhar conosco tanta sabedoria! Beijos!

  2. Beth Michepud disse:

    Maria Helena,

    que bom que o conteúdo do post levou você a se lembrar de pessoas especiais de sua vida!
    De fato, todos somos sábios por natureza; precisamos, como sempre ouvir a voz que vem de dentro!
    Agradeço muitíssimo o carinho de suas palavras e sua companhia inestimável.
    Todas as bençãos divinas!!!
    Beijos

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s