E além da nossa vida… Há outra vida?

Vida além da morte... é possível?

Atualmente, temas como ‘vida após a morte’, reencarnação e mundos extrafísicos estão em alta. Muito mais do que antigamente, as pessoas se questionam porque estão nessas vidas, qual seria a missão individual e o que nos espera do lado de lá.

Hoje, proponho um texto que, particularmente, achei que trouxe de maneira inovadora um meio para refletirmos sobre tudo isso. Vamos à leitura?

O cético e o lúcido

No ventre de uma mulher grávida estavam dois bebês. O primeiro pergunta ao outro:

– Você acredita na vida após o nascimento?

– Certamente. Algo tem de haver após o nascimento. Talvez estejamos aqui principalmente porque nós precisamos nos preparar para o que seremos mais tarde.

– Bobagem, não há vida após o nascimento. Como verdadeiramente seria essa vida?

– Eu não sei exatamente, mas certamente haverá mais luz do que aqui. Talvez caminhemos com nossos próprios pés e comeremos com a boca.

– Isso é um absurdo! Caminhar é impossível. E comer com a boca? É totalmente ridículo! O cordão umbilical nos alimenta. Eu digo somente uma coisa: A vida após o nascimento está excluída – o cordão umbilical é muito curto.

– Na verdade, certamente há algo. Talvez seja apenas um pouco diferente do que estamos habituados a ter aqui.

– Mas ninguém nunca voltou de lá, depois do nascimento. O parto apenas encerra a vida. E afinal de contas, a vida é nada mais do que a angústia prolongada na escuridão.

– Bem, eu não sei exatamente como será depois do nascimento, mas com certeza veremos a mamãe e ela cuidará de nós.

– Mamãe? Você acredita na mamãe? E onde ela supostamente está?

– Onde? Em tudo à nossa volta! Nela e através dela nós vivemos. Sem ela tudo isso não existiria.

– Eu não acredito! Eu nunca vi nenhuma mamãe, por isso é claro que não existe nenhuma.

– Bem, mas às vezes quando estamos em silêncio, você pode ouvi-la cantando, ou sente, como ela afaga nosso mundo. Saiba, eu penso que só então a vida real nos espera e agora apenas estamos nos preparando para ela…

Após ler esse texto, de autoria por mim desconhecida, podemos perceber que tudo depende do referencial: certamente não temos acesso imediato às memórias dos nossos primeiros momentos de existência humana. Porém, como aquele embrião que se desenvolveu tinha como única concepção de Universo a barriga de sua mãe, o mesmo acontece conosco quando nos perguntamos sobre o mundo que nos espera quando deixarmos nossos corpos físicos.

Se desenvolvermos a nossa sensibilidade (e, acredito que é o que muitos de nós aqui buscamos fazer), perceberemos os presentes divinos à nós enviados todos os dias, a energia de amor que emana da natureza, a paz que podemos encontrar em uma cachoeira…

Do mesmo jeito que há um bebê que reconhece o calor da mãe e um outro que acredita que o parto é o fim da vida (quando na verdade é apenas o começo de mais uma jornada), há seres humanos que compreendem a existência de outros planos e aqueles que acreditam que tudo o que temos e somos se resume a esta vida.

Vale refletir à respeito da questão: o que é vida e o que é morte? As respostas vão muito além dessas perguntas, basta que nos tornemos cada vez mais capacitados para sentir a energia amorosa que nos envolve e acolhe e, quem sabe, esteja a nos esperar algum dia em algum outro lugar.

Amor, luz e consciência. Sempre.

Cíntia Michepud

2 comentários Adicione o seu

  1. Cida disse:

    Bom dia,minha querida Cintia

    Eu amo a vida e não importa de onde viemos ou para onde vamos, tudo é uma questão de se sentir com o coração (cheio de vida) e pensar que o que sentimos, pensamos e nossas emoções, são voltados para tudo que for em busca do conhecimento… do todo, do tudo.
    Amo ler todos os boletins que recebo de voces e este, tambem é mais outro que acho muitíssimo interessante para refletir no assunto: o que está alem do que apercebemos, do que vemos.

    Grande abraço nos corações de pessoas como voce.

    Atenciosamente,

    Cida

    1. Cíntia Michepud disse:

      Querida Cida,
      Muito grata pelas suas palavras. Fico que feliz que nossas mensagens lhe proponham sempre algum tipo de reflexão.
      Também acredito que o TODO vai além daquilo que vemos com nossos olhos físicos… o segredo é sentir com o coração e acreditar naquilo que nossa alma nos sugere.
      Tenha uma ótima semana.
      Beijos e muita luz!

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s