“Você não está deprimido… Você está distraído!

Você já reparou na quantidade de pessoas com depressão? Todos sabem que é, de fato, uma doença, mas se a doença começa na alma, porque não tratá-la melhor e prestarmos mais atenção e darmos mais importância a tudo de bom que nos acontece e que nos rodeia?  O texto que segue, de autoria de Facundo Cabral, pode ser o despertar para o maior presente que todos nós temos: a vida!
Boa leitura!

“Você não está deprimido, não! Você está é distraído!
Distraído em relação à vida que preenche o seu ser, distraído em relação à vida que lhe rodeia, golfinhos, bosques, mares, montanhas, rios.
Não caia nessa, como caem tantos, que sofrem por um único ser humano quando existem cinco bilhões e seiscentos milhões no mundo. Além do mais, não é assim tão ruim viver só. Você tem total liberdade de decidir, a cada momento, o que deseja fazer, e graças à solidão você tem tempo de conhecer-se melhor… o que é fundamental para viver.
Não faça como tantos, que se  sentem  velhos porque têm setenta anos, e esquecem que Moisés comandou o Êxodo aos oitenta e Rubinstein interpretava Chopin com uma maestria sem igual aos noventa, para citar apenas dois casos conhecidos.
Você não está deprimido: está distraído!
Você lamenta suas perdas… Perdas?! Tudo lhe foi dado! Você não fez nem um só cabelo da sua cabeça, portanto nunca foi dono de coisa alguma. Além disso, a vida não lhe tira coisas: apenas lhe alivia e liberta de muitas coisas, para que você possa voar mais alto, para que alcance a plenitude.
Do útero ao túmulo, vivemos numa escola: o que você chama de problemas são apenas lições. Você não perdeu coisa alguma: o ente querido que morre apenas está adiantado em relação a nós, porque todos vamos na mesma direção. E não esqueça que o melhor dele, o amor, continua vivo no seu coração.
O amor tem mais valor que tudo! Minha mãe, em sua sabedoria simples, dizia, “A pobreza está mais próxima do amor, porque o dinheiro nos distrai com coisas em excesso, e nos deforma, tornando-nos desconfiados. Faça tudo com amor e será feliz. Aquele que faz o que ama, está benditamente fadado ao sucesso, que chegará quando for a hora, porque o que deve ser será, e chegará de forma natural.
Não faça coisa alguma por obrigação ou por compromisso, apenas por amor. Então terá a plenitude, onde tudo é possível sem esforço, porque entrará em ação a força natural da vida, a mesma que me ergueu quando caiu o avião que levava minha mulher e minha filha; a mesma que me manteve vivo quando os médicos me deram três ou quatro meses de vida.
Deus lhe deu a responsabilidade por um ser humano: você! Dê felicidade e liberdade para si mesmo. Só então conseguirá compartilhar a vida verdadeira com todos os outros.
Lembre-se : “Amarás ao próximo como a ti mesmo”. Então reconcilie-se consigo mesmo, coloque-se na frente do espelho e lembre-se que esta pessoa que você está vendo é uma obra de Deus, e decida neste exato momento ser feliz, porque a felicidade é uma aquisição valiosa.
Aliás, a felicidade não é um direito, mas sim um dever; porque se você não for feliz, você sozinho irá contaminar o ar com a sua amargura carrancuda, afetando a vida de todas as pessoas, por onde você passar.
Um único homem que não tinha talento nem valor para viver, mandou matar seis milhões de judeus, seus irmãos.
Existem tantas coisas para experimentar, e a nossa passagem pela terra é tão curta, que sofrer é uma perda de tempo. Podemos experimentar a neve no inverno e as flores na primavera, o chocolate de Perusa, a baguette francesa, os tacos mexicanos, o vinho chileno, os mares e os rios, Don Quixote, Pedro Páramo, os boleros de Manzanero e as poesias de Whitman; a música de Mahler, Mozart, Chopin, Beethoven; as pinturas de Caravaggio, Rembrandt, Velázquez, Picasso e Tamayo, entre tantas maravilhas.
E se você está muito doente, podem acontecer duas coisas, e ambas são positivas: se a doença ganha, coloca em liberdade o seu corpo, que é cheio de processos (tenho fome, tenho frio, tenho sono, tenho vontades, tenho razão, tenho dúvidas)… Se você ganha, será mais humilde, mais agradecido… portanto, facilmente feliz, livre do enorme peso da culpa, da responsabilidade e da vaidade, disposto a viver cada instante profundamente, como deve ser.
Não, você não está deprimido, você está é desocupado!!! Ajude a criança que precisa da sua mão, ajude os mais velhos… assim os jovens lhe ajudarão quando chegar a sua vez. Aliás, o serviço prestado é uma forma segura de ser feliz, como é também gostar da natureza e cuidar dela para aqueles que virão depois de nós.
Dê sem medida, e receberá sem medida.
Ame até tornar-se um ser amado; mais ainda, converta-se no próprio Amor. E não se deixe enganar por alguns homicidas e suicidas
O bem não se percebe porque é silencioso. Uma bomba faz muito mais barulho que um gesto de carinho, porém, para cada bomba que destrói há milhões de carinhos que alimentam vidas. Viver vale a pena, não é mesmo?
Sabe, se Deus tivesse uma geladeira, teria você numa foto grudada na porta. Se ele tivesse uma carteira, sua foto estaria nela. Ele lhe envia flores a cada primavera. Ele lhe envia um nascer do sol a cada manhã. Cada vez que você quer falar, Ele escuta. Ele poderia viver em qualquer ponto do Universo, mas escolheu o seu coração!
Deus não lhe prometeu dias sem dor, riso sem tristeza, sol sem chuva… porém Ele prometeu força para cada dia, consolo para as lágrimas, e luz para o caminho. 

E lembre-se: quando a vida lhe trouxer mil  razões para chorar, encha o peito de ar e repita em voz alta as suas mil e uma razões para sorrir.”

Um Salve à Vida!!!

Beth Michepud

 

1 comentário Adicione o seu

  1. Fla´via disse:

    O texto é de Fagundo Cabral. Muito bonito.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s