Coragem: acredite em você!

A palavra Fé e Acreditar têm algo em comum: a Confiança. Segundo o dicionário Michaelis, a palavra acreditar (a +crédito + ar) tem o significado de crer, ter como verdadeiro, ter confiança. Já a palavra Fé, também significa confiança. Assim podemos supor que, quem tem fé, acredita e confia ou quem acredita, tem fé e confia. Quem já ouviu a frase: “a fé remove montanhas” ou a letra de uma música que fala “quem acredita, sempre alcança” sabe da força que estas palavras carregam em si…
A Fé e o Acreditar podem ter a força de nos impulsionar frente a algum desejo, sonho ou objetivo e o seu contrário tem o poder de nos levar a milhares de quilômetros longe de nossos sonhos e objetivos, pois o antônimo de acreditar é desacreditar e da fé é a descrença.
Quando, em nossas vidas, colocamos a Fé e o Acreditar como forças fora de nós mesmos, ou seja, em amuletos ou pessoas, corremos sérios riscos de desabarmos quando estes não estão por perto. O conto abaixo traz uma excelente reflexão sobre este assunto.

A Espada Mágica

“Existe uma história muito, muito antiga, do tempo dos cavaleiros em brilhantes armaduras, sobre um jovem comum que estava com muito medo de testar sua habilidade com as armas, no torneio local.
Certo dia, seus amigos quiseram pregar-lhe uma peça e lhe deram de presente uma espada, dizendo que tinha um poder mágico muito antigo. O homem que a empunhasse jamais seria derrotado em seu combate.
Para surpresa deles, o jovem correu para o torneio e pôs em uso o presente, ganhando todos os embates. Ninguém jamais vira tanta velocidade e ousadia na espada.
A cada torneio, a notícia de sua maestria se espalhava, e não tardou a ser ovacionado como o primeiro cavaleiro do reino.
Por fim, achando que não faria mal nenhum, um dos seus amigos revelou a brincadeira, confessando que o instrumento não tinha nada de mágico, era só uma espada comum.
Imediatamente o jovem cavaleiro foi dominado pelo terror.
De pé na extremidade da área de combate, as pernas tremeram, a respiração ficou presa na garganta e os dedos perderam a força.
Incapaz de continuar acreditando na espada, ele já não acreditava mais em si mesmo.
E nunca mais competiu.”

Acreditem em vocês sempre, esbanjem alegria, coragem, digam a si mesmos o quanto são capazes, mesmo que as circunstâncias estejam contra, pois elas funcionam exatamente como a mola que precisamos para seguir em frente e enfrentar a vida.

Márcia de Lucena Saraceni

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s