Todos nós temos metas na vida!

“Não conheço ninguém que conseguiu realizar seu sonho, sem sacrificar feriados e domingos pelo menos uma centena de vezes.
Da mesma forma, se você quiser construir uma relação amiga com seus filhos, terá que se dedicar a isso, superar o cansaço, arrumar tempo para ficar com eles, deixar de lado o orgulho e o comodismo.
Se quiser um casamento gratificante, terá que investir tempo, energia e sentimentos nesse objetivo.
O sucesso é construído à noite!
Durante o dia você faz o que todos fazem.
Mas, para obter um resultado diferente da maioria, você tem que ser especial.
Se fizer igual a todo mundo, obterá os mesmos resultados.
Não se compare à maioria, pois, infelizmente ela não é modelo de sucesso.
Se você quiser atingir uma meta especial, terá que estudar no horário em que os outros estão tomando chope com batatas fritas.
Terá de planejar, enquanto os outros permanecem à frente da televisão.
Terá de trabalhar enquanto os outros tomam sol à beira da piscina.
A realização de um sonho depende de dedicação, há muita gente que espera que o sonho se realize por mágica, mas toda mágica é ilusão, e a ilusão não tira ninguém de onde está, em verdade a ilusão é combustível dos perdedores, pois…
Quem quer fazer alguma coisa, encontra um MEIO.
Quem não quer fazer nada, encontra uma DESCULPA.”

 

Hoje, compartilhei com vocês um texto de Roberto Shinyashiki que nos faz refletir sobre o quanto depende, exclusivamente, de nós o sucesso da nossa caminhada.

Todos nós temos sonhos e metas de vida. Vivemos buscando meios para realizá-los e, quando, muitas vezes a concretização se aproxima, o medo se apresenta e encontramos uma desculpa para afastá-los de nós. Parece irracional, não é? Por que eu não iria querer ver se realizar um sonho de uma vida inteira?

Inconscientemente, podemos nos sentir sem chão, sem ter pelo quê se empenhar. Se hoje consegui o que queria, amanhã buscarei o que? Isso é mais comum do que parece e, certamente, em algum momento da nossa existência já passamos por isso. Já deixamos de ir adiante por medo, por insegurança.

Levanto este ponto apenas para que não deixemos de viver situações especiais acontecerem por receio do desconhecido. Uma vez terminado um capítulo, outro se iniciará e você não terá que fazer nada para isso. É o ciclo natural da vida.

Outra questão que vale uma reflexão é o quanto estamos dispostos a despender do nosso tempo e energia em prol de algo – e o quanto sabemos ser gratos à isso. Uma formação, um namoro, uma amizade, um planejamento de viagem ou uns quilos a menos… tudo demanda tempo e esforço, seja ele físico, emocional ou mental.

Se você perdeu um feriado estudando, ao invés de reclamar, agradeça. Serão essas horas que, acumuladas, lhe renderão reconhecimento no mercado de trabalho. Se você escolheu jantar com a família da pessoa com a qual você se relaciona ao invés de ir para um festival de música que adentraria a madrugada, não lamente: agradeça a pessoa que está ao seu lado e o amor que está cultivado e nutrido por vocês.

A vida é feita de escolhas e, optar por ser alguém diferenciado na multidão, cabe a cada um de nós. Peço apenas para que não interpretem o texto acima como uma apologia ao “não lazer” ou algo contra momentos de prazer e descontração. Entendam que, quanto mais altos forem os nossos objetivos, maiores serão os nossos investimentos, porém, o esforço deve ser proporcional aos momentos de prazer que temos na vida. De nada adianta sermos doutores, casados com o parceiro(a) dos sonhos, ter a casa mais bonita e o corpo mais esbelto se não temos tempo para aproveitar as coisas boas – e simples – da vida. Tempo para reconhecer que nada externo pode ser tão valioso quanto a sua paz interior e o seu amor-próprio.

Pensem nisso!

Amor, luz e consciência. Sempre.

Cíntia Michepud

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s