E na vida, simplesmente divirta-se!

É incrível como uma frase de poucas linhas podem desencadear profundas e sinceras reflexões, não é mesmo?

Um exemplo disso é a frase abaixo, de Martha Medeiros. E ela nos diz:

“Pare de reclamar, pare de buscar o impossível, pare de exigir perfeição de si mesmo, pare de querer encontrar lógica pra tudo, pare de contabilizar prós e contras, pare de julgar os outros, pare de tentar manter sua vida sob rígido controle. Simplesmente, divirta-se.”

Alguma vez você já reparou em como nos distanciamos dessa tal felicidade? Há alguns que vivem reclamando: do canal da TV, do calor, do frio, do tempo seco, do trânsito, do dia corrido, do dia parado… Outros querem o que Martha aponta como impossível. Eu, no caso, diria improvável. Ser presidente do Brasil não é impossível, mas viver em função desse desejo pode ser muito desgantante.

Viver, para muitas pessoas, tem se tornado algo complicado e extremamente complexo. Em meio a tantas atividades e questões internas, muitos se perdem de si mesmos, deixando de aceitar o presente como ele é.

De nada adiantar ficar analisando o que já passou. Nem tampouco considerar os prós e contras de cada nova situação que desponta no futuro. O passado, inconsistente, não deveria fazer parte do nosso Agora… ele é imutável. Quanto ao futuro, não nos cabe brincar de adivinhos… não saberemos o que nos aguarda na próxima curva a não ser que caminhemos até lá.

Permita que o presente seja o que ele é de fato. Abençoe e reconheça as bênçãos da sua vida e acredite que nada é em vão. Dedique sua vida a você mesmo e não se compare aos outros. Costumo dizer que nossas vidas são livros únicos: não fique tentado a ler as páginas de um livro que não é seu – nesse mesmo instante você poderia estar escrevendo novas páginas da sua própria obra ao invés de deixá-las em branco.

E, por fim, divirta-se. Esteja você rodeado de pessoas ou sozinho! Não busque entender e racionalizar tudo, isso nos deixa chatos e muito cansados! Não espere que seus sonhos e desejos se realizem para que você, de fato, esteja feliz.

Compreenda que, para não deixar a vida passar, não é preciso viver como se as 24h fossem iguais à sua timeline de facebook – onde as pessoas são lindas, felizes, amáveis e realizadas. Você não precisa de eventos extraordinários, saídas constantes, encontrar famosos, viajar todo final de semana, sair com vinte amigos…

A beleza da felicidade está na simplicidade que a compõe. Desconfie desse estado de espírito que só se revela em grandes situações e que precisa ser exposto para ser validado. Você pode ser feliz agora sem que tenha que anunciar aos quatro ventos ‘como você é feliz!’.

Pense nisso!

Amor, luz e consciência. Sempre.

Cíntia Michepud

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s