Para mudar o mundo

É comum, e até cultural, ficarmos esperando que a mudança que muitos de nós necessita e deseja comece pelo outro. E isso se aplica a nosso país e mundo. Para melhorá-los, ficamos geralmente à espera dos líderes e governantes públicos.

Sem dúvida, como gestores de uma nação e detentores de poder, cabe a esses realizar as melhorias que a sociedade anseia e tanto espera. Mas isto não nos exime da responsabilidade de sermos também um transformador social.

Há aqueles que têm consciência de seu papel no mundo e fazem a mudança acontecer. Existem outros que apenas ficam a aguardá-la, agindo de forma omissa. E há, ainda, os que só contribuem para piorar a situação. Esses são os chamados depredadores da sociedade.

Vejamos como o texto de hoje, de autoria desconhecida, aborda de forma coerente por onde começa a transformação e a melhoria das relações sociais para que tenhamos um mundo de paz e harmonia.

Eis o que conta, de si mesmo,
o sufi Bayazid: “Na juventude,
eu era um revolucionário e assim rezava:
‘Dai-me energia, ó Deus, para mudar o mundo!’

Mas notei, ao chegar à meia-idade,
que metade da vida já passara
sem que eu tivesse mudado homem algum.
Então, mudei minha oração, dizendo a Deus:
‘Dai-me a graça, Senhor, de transformar os que
vivem comigo dia a dia,
como minha família e meus amigos;
com isso já ficarei satisfeito…’

Agora que sou velho e tenho os dias contados,
percebo bem quanto fui tolo assim rezando.
Minha oração, agora, é apenas esta:
‘Dai-me a graça, Senhor, de mudar a mim mesmo.’
Se eu tivesse rezado assim, desde o princípio,
não teria esbanjado minha vida.”

Luz e Paz para um mundo melhor.

Tenório Lucena

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s