O que você tem de melhor!

Em armários esquecidos da maioria dos lares, há enxovais, louças e roupas guardadas. Para que? Para serem usadas em ocasiões especiais, únicas. O tempo passa e os cristais ganham camadas de poeira, os lençóis amarelam e o que você tinha de mais diferenciado ficou esquecido lá no canto esperando uma grande oportunidade para celebrar.

Devemos, sim, ter itens especiais para dias de comemoração. Porém, muitas vezes comemoramos apenas aquilo que é espantosamente extraordinário, deixando passar a mágica dos pequenos prazeres da vida.

Uma contratação, um casamento, a compra de uma casa… Todos são motivos dignos de festa, porém, pensem em quantas vezes noivamos, compramos um imóvel ou somos promovidos em uma empresa. Poucas, não é mesmo? O que precisamos entender é que não precisamos limitar nossos motivos de alegrias a esses acontecimentos exclusivos.

Acredito que somos todos capazes de mudar a ótica de nossas vidas. Um amanhecer, um fim de semana diferente, o reencontro com um amigo, um presente inesperado, um elogio de reconhecimento no seu trabalho… enfim, tudo pode ser celebrado se você passar a reconhecer as inúmeras bênçãos que cruzam o seu caminho.

A vida ficará muito mais gostosa de se viver se, um belo dia de terça-feira, você resolver brindar a semana com mais dois amigos. Se você inventar uma desculpa e fazer uma festa, assim, sem motivo. Se você aproveitar cada oportunidade para ser feliz.

Muitas pessoas se envolvem tanto em ter mais e mais dinheiro para, supostamente, atingir algo ‘celebrável’ que, no meio da estrada, esquecem-se que a graça da existência está no caminho percorrido e, não necessariamente no final da caminhada. Alguns vendem suas férias e querem acumular sempre mais. Outros, deixam de dormir para trabalhar. Assim, não percebem que estão abrindo mão de suas próprias vidas para acumular bens materiais deixando de cultivar os relacionamentos que tanto podem fazer bem.

Um texto de autor desconhecido que li esses dias, dizia:

“Ter um carro lindo e esperar que ele jamais arranhe, amasse ou pegue chuva, é ficar escravo de um bem que foi construído para servir.
Ter louça boa e jamais sujá-las de molho é menosprezar o prazer de comer.
Usar as melhores roupas só em ocasiões especiais é descuidar da própria aparência.
Reservar os melhores lençóis do enxoval só para os hóspedes é fazer pouco do seu sono tão merecido…

Não importa o valor ou o tamanho do seu patrimônio.
Se você construiu, usufrua!”

E é exatamente isso que quero dizer. Celebre a vida agora. Comemore suas conquistas. Use o que tem, o que conquistou.

Carros, casas e bolsas de grifes estão em suas mãos para te servir e não o contrário. Se as louças, de duas gerações anteriores, está guardada, tire-as da caixa, invente um almoço com entes queridos e celebre… a vida, a família, o sol.. ou o que você preferir!

Use o seu melhor cristal, o seu melhor linho, o seu melhor humor! A vida por si só já é motivo suficiente para ser celebrado!

Não deixe que junto com seus preciosos enxovais e joias de família, fiquem guardados, nos fundos dos armários, sorrisos, lembranças, memórias e a sua vontade de ser feliz!

Amor, luz e consciência. Sempre.

Cíntia Michepud

2 comentários Adicione o seu

  1. Sula disse:

    Muito verdadeiro este texto. Me fez lembrar minha mãe. Ela usava tudo que tinha, tudo que comprava, não importa se era caro ou barato. Ela costuma dizer: “Eu uso mesmo, comprei com meu dinheiro, uso pra me sentir bem. Quem mora na casa sou eu e ela tem que ficar aconchegante pra mim e afinal de contas quando eu morrer eu nãoi vou levar, caixão não tem gavetas!” rsss

    Muita paz a todos.

    1. Cíntia Michepud disse:

      Sula,
      Que bacana! Obrigada por compartilhar essa história! E sua mãe está certa, afinal, daqui não levaremos nada além dos nossos aprendizados e da nossa luz. Vamos usar o que temos de melhor agora, hoje… vamos ser feliz, não é mesmo?
      Agradeço a visita,
      Beijos,
      Cíntia

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s