Caminhos para enxergar a paz

8521458382_da991d8918

O texto que trago hoje, de autoria desconhecida, nos chama atenção para três caminhos por onde podemos enxergar a paz.

Vamos à leitura

Todos nós sonhamos com uma existência plena de felicidade, paz e harmonia. Embora esta paz se encontre ao nosso alcance todo tempo, poucos são os que sabem realmente viver em paz, pois ignoram onde ela se encontra.

Muitos são os que a procuram no companheiro, no marido ou na esposa, nas honrarias de um título de doutor ou de alto executivo, num partido político, numa ideologia, no Japão ou no Himalaia.

Eles acabam não encontrando o que procuravam e continuam infelizes, brigando com todo mundo, procurando refúgio num excesso de atividade e trabalho febril, acabando estressados e doentes.

Hoje, graças ao encontro da medicina psicossomática moderna e das novas terapias, com a sabedoria vinda do oriente e, das grandes tradições espirituais, se sabe quais as grandes áreas em que se pode atuar para encontrar esta paz que perdemos, pois poucos são os pais e educadores contemporâneos que ainda possuem estes conhecimentos e estão realmente em condições de transmiti-los aos seus filhos ou educandos.

Onde podemos encontrar paz e serenidade?

O que vem a seguir constitui para você, leitor, uma verdadeira dádiva, um precioso tesouro ao alcance de quem se dispõe a assumir entrar a fundo, seguindo as indicações e conclusões destas descobertas que estão no alcance de qualquer um. Trata-se do que começa a ser conhecido como: as três ECOLOGIAS ou ainda, as três CONSCIÊNCIAS.

Existem três direções nas quais podemos enxergar a Paz. Cada uma delas necessita de uma forma de consciência e de um tipo de ecologia.

A primeira é consigo mesmo, ou ainda melhor, dentro de cada um. Há momentos em que estamos em paz e há outros em que estamos tensos e agitados, nem sempre sabendo o porquê.

Por conseguinte há a necessidade da consciência individual para definir e localizar a paz dentro de nós mesmos para em seguida dizer como alcançá-la. É o que se chama de ecologia interior ou ecologia do ser, que se apoia na consciência individual. A ecologia individual é o estado de harmonia do ser pessoal.

A segunda direção é a Paz com os outros. Esta paz também é instável nas nossas relações com marido, mulher, amigos, colegas, pais e filhos etc.

Como se caracteriza esta paz e como torná-la estável? Eis uma questão de ecologia social, isto é, de harmonia com a sociedade e dentro dela. A ecologia social pressupõe, exige e depende da consciência social de cada cidadão e de uma consciência social coletiva maior do que as somadas consciências individuais.

Em fim, há uma questão bastante séria e vital para nós, é a Paz com o meio ambiente em que vivemos, com a natureza em torno de nós. Poucas pessoas até hoje tem uma ideia clara de que jogar o nosso lixo num riacho ou usar um spray consiste numa violência com a natureza, e que é uma forma de contribuir para o nosso próprio suicídio, como membros da humanidade.

A Paz na ecologia ambiental e como contribuir para ela, é a terceira questão essencial para vivermos com qualidade.

A ecologia ambiental é um estado de equilíbrio dos ecossistemas. Este equilíbrio, tudo o indica, é uma expressão da Consciência do Universo. Com a intervenção destrutiva, pelo ser humano, do equilíbrio ecológico, foi e continua sendo indispensável o despertar da consciência ecológica individual em cada cidadão do planeta.

Graças à vida por nos dar tantas oportunidades.

Tenório Lucena

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s