Tempo de viver leve

cc

A gente pensa, repensa e avalia. Compara e considera. Quanta atividade mental até chegarmos a uma decisão. Se agirmos com prudência e algo não saiu como planejado, nos culpamos; se agimos por impulso, nos cobramos uma atitude mais cautelosa e realista também.

Esse fluxo, por mais imperceptível que pareça, acontece dezenas de vezes ao longo dos nossos dias. Quanta energia dispendida em um processo que poderia ser muito mais leve se simplesmente fôssemos nós mesmos e deixássemos a vida nos guiar um pouco!

O texto abaixo, de autoria desconhecida, nos fala do como é importante renascermos a cada dia: sem culpas, sem medos, sem expectativas ou comparações. O que você fez ontem foi aquilo que julgou correto. Hoje, é outro dia e uma infinidade de situações de escolha se descortina à sua frente.

Escolha fazer diferente. Dê valor ao que realmente vale. E pense aonde você quer investir seu tempo… estando presente de corpo e alma? Seria elaborando hipóteses para um problema que infalivelmente irá se resolver ou em uma refeição com pessoas queridas?

“Às vezes a gente precisa parar de pensar tanto, de se cobrar, cobrar dos outros e sair julgando tudo e todos. Devemos apenas SER. Ser hoje. E amanhã recomeçar, do zero, e ser novamente. Cada vez que nos (re)encontramos com alguém, temos que estar zerados. Sem acumular passados e expectativas. Sabendo que a cada dia nascemos de novo e nos tornamos uma pessoa diferente, com vontades e desejos diferentes. E o que for permanecendo, vai ficando cada vez mais forte.

Tá na hora de deixar a vida levar. De se abrir um pouco mais. Abrir a cabeça, a mente, o coração.
Parar de querer forçar as situações. De insistir para que certas coisas aconteçam e deixar a vida simplesmente acontecer.
É tempo de dar valor para as coisas certas. De sentir mais e pensar menos. Aproveitar as pequenas coisas da vida. A natureza. O toque. O beijo.
Parar de fingir ser o que não é. Esconder o que está tão óbvio. Deixar de viver por medo e, principalmente, viver às custas de um molde imposto pela sociedade. Não existe o certo e o errado. Cada um vive o que é certo para si mesmo – sem prejudicar ninguém e respeitando ao próximo.
Só a gente sabe o que nos faz feliz. Quem nos faz feliz.

É tempo de viver, viver leve. Porque o tempo está passando, e não espera por você.”

Não há certo ou errado. Por mais que um familiar ou um amigo de extrema confiança lhe diga que esta não é a escolha certa, lembrem-se de que somente você sabe o que importante, relevante e necessário para sua felicidade, realização e paz de espírito.

Arrisque ao tomar uma decisão com o coração e, independentemente do resultado, não se culpe. Aprendizados ou conquistas vieram dessa atitude, a mais correta escolhida no momento.

Experimente a vida com mais leveza e com um uso mais inteligente da nossa capacidade mental e do nosso depósito de energia.

Amor, luz e consciência. Sempre.

Cíntia Michepud

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s