É lá que eu quero chegar!

download

Eu fico imaginando a vida dessas pessoas que sempre, desde pequenas, tiveram tudo o que quiseram. A boneca mais moderna, a festa de 15 anos com direito a algum famoso para dançar a valsa, o vestido de grife para a formatura, o carro 0 km aos 18 anos, uma mudança de guarda-roupas a cada virada de estação… Não que isso não seja bacana, porém, vivendo em um mundo onde tudo é fácil e rápido como o ‘passar de um cartão de débito’, o risco de não saber dar valor ao que realmente importa é muito maior.

Prestes a embarcar para uma viagem para a Europa, fiquei refletindo quantas pessoas podem enxergar isso como algo inatingível e quantas outras podem não dar tanta importância assim. É inexplicável a sensação de planejar países, desenhar roteiros e comprar cada item dessa viagem com o fruto do meu trabalho; a independência parece que vem andar ao seu lado, ao menos por alguns instantes e o mundo… bom, o mundo parece estar à minha espera, com os braços abertos, pronto para me oferecer histórias e memórias que jamais serão esquecidas.

Cada um tem uma expectativa de vida ou, ao menos, deveria ter. Sabendo o que desejamos conquistar, cabe a nós batalhar e adaptar as nossas ações para que cada momento possa ser celebrado com plenitude e alegria. Por isso, não importa se o seu sonho de consumo é viver viajando, comprar um apartamento de frente para o mar ou ter um carro novo por ano, o importante é você ter foco. Com um estímulo permanente na linha de chegada, a motivação é natural e muito mais forte.

Sei que nesse momento alguns podem estar julgando essas palavras como as de alguém que vincula realização com dinheiro. Para vocês, digo que acredito que na vida, temos duas formas de nos sentirmos realizados: aquelas que realizam os desejos mais profundos da alma e aquelas que fazem nosso corpo e mente terem um momento de prazer, diversão ou aventura. Não creio que podemos viver sem alimentar alguma delas.

Dinheiro não é tudo, mas é importante também e não há mal algum em desejá-lo de maneira saudável. Contudo, nesse instante, falo mais do que notas e dígitos de uma conta bancária… falo de motivação. Talvez, hoje, não seja possível uma viagem para Dubai com sete noites no hotel 6 estrelas ou uma segunda lua-de-mel de dez dias em Paris com jantar romântico e violinistas particulares ou algo mais simples como comprar um carro, porém, ter um objetivo faz com que não fiquemos estagnados na vida. Sonhar é bom, é leve, não custa nada e alimenta a alma. Sem sonhos, a vida não passa de um transcorrer de dias e de folhinhas de calendário, sem sentido, sem frios na barriga, sem surpresas e grandes realizações.

O que te realiza? O que te movimenta? O que te faz ir para o trabalho todos os dias, ou melhor, qual o fim, por mais utópico que possa parecer, do dinheiro que você conquista? Aqui, pense grande. Esqueça as contas e os deveres de todo cidadão. Quando a gente descobre o que faz nossos olhos brilharem da maneira mais genuína possível, desenvolvemos instantaneamente a arte de lidar com as situações adversas de uma maneira mais serena e harmoniosa.

Efeito cascata, lei da vibração, o que você pensa você atrai. Lei básica, e que certamente você já ouviu falar, não é mesmo?

Amor, luz e consciência. Sempre.

Cíntia Michepud

2 comentários Adicione o seu

  1. Como sempre, acordar com seus textos motivadores é uma bênção. Era o que eu levitação ler no meu primeiro dia de trabalho pós- férias rs… Aproveite sua viagem!!! Fernanda

    1. Cíntia Michepud disse:

      Fernanda,
      Que gostoso ler isso! Aproveite sua volta ao trabalho e abençoe cada momento!
      Vou aproveitar, sim!
      Muito grata e linda semana para você!
      Cíntia

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s