Sofro, não nego. Sorrio assim que puder!

Se há algo na vida que é certo é que todos, nesse planeta, passarão por algum momento de sofrimento. Estamos na Terra para evoluirmos e, justamente por sermos seres espirituais passíveis a errar e com livre-arbítrio é que nos depararemos com momento de confusão mental, aperto no coração, dúvida, medo, insegurança.

Porém há dois pontos importantes que partem dessa reflexão!

Primeiro: o que ME faz sofrer, não necessariamente será causa de sofrimento para o outro. Cada um tem sua bagagem, sua história, suas crenças e é a partir delas que vai viver o seu mundo e desenrolar a sua vida. Às vezes, o que para uma pessoa é o fim do mundo, para outra chega a ser incompreensível o motivo de tamanho ‘drama’. Respeite! Exercite a empatia e, se puder, acolha essa pessoa e a dor que ela está sentindo.

O segundo ponto, na verdade, é uma sugestão: DEIXA SOFRER!

Você pode estar se perguntando: “Como assim? Eu não vou me entregar ao sofrimento, à depressão, à tristeza!”. E você está certo!

Não, você não vai entregar os pontos e viver depressivo na cama, com a janela semiaberta, sem vontade de fazer nada. Mas também você não deve fingir para os outros (e para você mesmo) que não está doendo. Afirmo que essa é a pior ‘burrada’ que você pode fazer!

Sim, está doendo! Sim, estou confuso, perdido, com medo, ou qualquer um desses sentimentos que a gente quer passar longe! Acolha o sentimento que te assola, encare-o de frente! VOCÊ É MAIS LUZ DO QUE QUALQUER SOMBRA! E fingir que a sombra não existe não a faz desaparecer, entende?

Repare em como é pesaroso forçar um sorriso. Como demanda energia dançar saltitante quando o que sua alma pede é só um momento de quietude e reflexão! Para de se autojulgar e encarar essa quietude como estado depressivo. Hoje em dia a sociedade tem uma tremenda dificuldade em aceitar o ‘estar só’. Alguém que escolhe ficar consigo mesmo é ‘um coitado, solitário, sem amigos, carente bla bla bla’.

Quando você deixar de entrar na cobrança do outro, do mundo, da mídia, entenderá que essa quietude é fundamental para florescer um estado de introspecção. Quando acontece de você estar com você mesmo, aquele sentimento que te faz sofrer, antes gigante, se apequena, some aos poucos. Você passa a entender que o sofrimento existe e que não há nada a ser feito quanto a isso, porém, compreende que você tem total controle com relação a maneira com a qual você vai lidar com ele!

Eu costumo enxergar o sofrimento como uma criança abandonada que quer atenção. Acolha-o. Preencha o espaço do sofrimento com amor, expandindo a luz que há dentro de você.

Você se surpreenderá quando descobrir que o seu amor, a sua luz, quando irradiada com verdade… cura! Cura seu sofrimento, sua alma e, consequentemente, o seu exterior!

Amor, luz e consciência. Sempre!

Cíntia Michepud

4 comentários Adicione o seu

  1. Ana Paula Madeira disse:

    Obrigada pela mensagem!!! Veio num momento oportuno pra mim.

    Enviado do meu iPhone

    >

    1. Cíntia Michepud disse:

      Ana,
      Foco e fé! Tudo passa!
      Grata por compartilhar!
      Namastê,
      Cíntia Michepud

  2. TPM Todas Podem Mudar disse:

    Dia desses li uma mensagem que dizia que se nós conseguirmos expor nossos sofrimentos eles morrerão…se continuarmos escondendo dentro de nós eles permanecerão nossos companheiros constantes por muitas vidas. Não devemos permanecer na tristeza obviamente… mas nos darmos o direito de entristecer, sofrer, chorar, levantar, lavar o rosto, sorrir e seguir em frente. Mantendo o pensamento no bem e a fé em Deus. Tudo passa. Adorei a mensagem …

    1. Cíntia Michepud disse:

      Isso mesmo! Concordo com você!
      Não adianta esconder…vamos colocar luz naquilo que nos incomoda e lidarmos com toda força e fé que temos dentro de nós.
      Gratidão!

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s