Desidentifica!

A vida nada mais é do que uma sequência de acontecimentos que nos impelem a nos desenvolvermos, autoconhecermos e a nos relacionarmos com o mundo de acordo com aquilo que alimentamos dentro de nós. Não temos escolha quanto a passar por esses acontecimentos, porém, podemos sim escolher a forma como vamos lidar com cada um deles.

A raiva, a tristeza e o desânimo fazem parte. E, por favor, não se culpe por senti-los. Não permita que seu ego o julgue inferior ou incapaz por ter trazido à tona esses sentimentos. Lide com eles, aceite-os e deixe-os ir. É importante, porém, que você não se identifique com esses sentimentos: você NÃO é a tristeza; você NÃO é o desânimo; você NÃO é a mágoa! Tudo isso nada mais é que algum padrão seu, do passado consciente ou não, lhe mostrando um caminho antigo para lidar com determinada situação.

Pensem comigo: se Deus está em todos os lugares inclusive no seu coração, logo, você é Deus. Portanto, nada diferente da perfeição, da abundância, do amor e da paz interior poderia ser você, de fato. Olhe para o que está denso dentro de você e desidentifique-se de tudo isso!

Chico Xavier tem uma frase que contribui para esse raciocínio. Ele dizia:

“Às vezes fico triste, mas graças a Deus não sou um espírito triste. A alegria passa por cima de qualquer situação e o bom humor nos ensina a não dar aos acontecimentos infelizes maior importância que eles tenham”

Sim! Você não é um espírito desafortunado, triste, sem amor, que existe para viver na escassez, na solidão e na tristeza. Quando essa vibração se fizer presente, faça-se atento e simplesmente não se renda. Conecte imediatamente com a alegria de viver e com o bom humor! Você pode fazer isso!

Tudo dependerá da importância que você dará. Pense: de fato isso é motivo para tristeza? Muitas vezes não tem o menor sentido estarmos tristes por algo que nos trouxe aprendizado ou nos libertou! Questione-se se faz sentido manter uma mágoa ou um estado raivoso por algo que já passou há tanto tempo e que você não deixa morrer por ficar insistentemente alimentando. Vale a pena? Em que isso está te ajudando, de fato?

Quando trazemos à tona o que nos incomoda e conscientemente escolhemos viver na felicidade, afastamos as perturbações e nos reconectamos com o fluxo de maravilhas divinas. É simples, sim. Porém exige treino, auto-observação e amor-próprio. E, como somos seres humanos no caminho da evolução e do aprendizado, esse caminho de luz precisará ser ‘faxinado’ de vez em quando, o que nos exigirá uma disposição especial para limpeza do que é ‘sujeira’ dentro de nós.

Vale à pena, de verdade! Penso que viver na alegria é o que todos buscamos e, sabendo que alegria é luz divina, de certa forma, não há outra forma de alcança-la a não ser pelo caminho do bem e da libertação.

Amor, luz e consciência. Sempre.

Cíntia Michepud

3 comentários Adicione o seu

  1. TPM Todas Podem Mudar disse:

    Vigiai e orai! Sempre! A todo instante! O auto conhecimento é um exercício diário … e com certeza nunca vai valer a pena ficar alimentando sentimentos negativos. Eles existem sim, e muitas vezes não podemos evitá-los, mas podemos trabalhar para que eles se transformem em amor … adorei o texto.Parabéns.

    1. Claudia Michepud Rizzo disse:

      Marciane, eu que agradeço o comentário e a reflexão!
      Muitaz vezes, de fato, não temos como evitar que os sentimentos ruins nos assolem, mas sempre devemos entender a serviço de quê eles se apresentam!
      Gratidão!
      Namastê!

  2. Gerlania da Silva Soares disse:

    Os pensamentos ruins sempre vão surgir para nos afrontar mas somos nos que decidimos aceita-los ou não, e importante saber lidar com isso pois e o que plantamos para o nosso futuro. Para termos um futuro melhor e preciso identificar-se somente com coisas positivas da vida e não dar espaços para as negativas.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s