Feliz fora de Mim!

Não vincule sua felicidade a absolutamente nada que esteja externo à você! Nada do que está fora tem o poder de te fazer genuinamente feliz! Achou polêmica essa afirmação?

Sim, eu sei que a viagem dos sonhos vai te fazer sorrir. Que comemorar com a pessoa amada vai te trazer bons sentimentos. Que conquistar Aquele emprego te fará sentir satisfação ou que passear com o cachorro em um domingo de sol te preenche. Porém, o que quero que pensem é que se não estamos bem internamente, nada disso pode trazer de fato a felicidade e que, quando esperamos que uma das situações acima (ou qualquer outro dos milhares exemplos disponíveis na vida) aconteça, estamos encrencados! Encrencados porque colocamos nossa vida na mão de algo que não temos o menor controle! É como viver em uma eterna loteria ou em um jogo de apostas onde, a qualquer momento, o jogo pode virar. O cachorro vira anjinho, o relacionamento acaba, o avião da sua viagem não decola ou você é demitido seis meses depois de ser contratado. E aí?

Claro que é maravilhoso nos esbaldarmos com as situações lindas que a vida nos traz de presente mas é Divino quando em qualquer situação conseguimos acessar o mesmo estado de espírito de plenitude e felicidade. Se uma pessoa alimenta um padrão de vitimismo, carência ou tristeza, não há viagem, romance, amigos ou dinheiro na conta bancária que a façam sentir-se plena, agraciada e abençoada. Ou seja, tudo depende de como você é por dentro, como você escolheu ver o mundo à sua volta e lidar com a Sua própria vida.

Pessoas otimistas e eternas crentes na beleza da vida conseguem se maravilhar com as flores, um café da tarde com amigos, um pôr do sol ou com uma onda que quebra poderosa em uma praia qualquer. Já aquelas que insistem em colocar a felicidade do lado de fora podem estar frente às ondas do mar mais límpido e cristalino do Caribe que não conseguirão identificar a menor poesia nisso. Entendem a diferença?

Quando a gente decide (sim, isso é uma escolha!) ser feliz com o que temos e somos, independentemente do que nos passa do lado de fora, nos Fortalecemos, arraigamos nossas raízes divinas e convidamos para fazer morada permanente em nossos corações a leveza e o imã da plenitude, do amor e da harmonia.

Digo, então, que o que está fora não pode ser o responsável primordial dos nossos sorrisos e, a maravilha disso, está no fato de que quando compreendemos esse ponto, o que nos é externo e negativo, também não tem capacidade de alterar nosso estado de espírito e de profunda gratidão com a vida.

Será que você vive pautado no externo? Pergunte-se se você move sua vida em função de uma conquista. Imagine-se sem o tal trabalho ou o tal relacionamento. Sem a sua sonhada casa ou o final de semana na praia. Se o ‘seu mundo cai’ só de imaginar, tenha um pouco mais de carinho com você mesmo e passe a valorizar a si próprio antes de valorizar o que te rodeia. Faça isso por você! Para conquistar uma paz inabalável e um estado de amor pela vida que, sim, você tem direito!

Gratidão por tudo o que se vive e capacidade de sorrir e se deleitar com os prazeres e bençãos da vida são fundamentais. Só não permita que 100% de quem você é quando está feliz esteja em mãos que não sejam as suas próprias!

Amor, luz e consciência. Sempre.

Cíñtia Rizzö

 

2 comentários Adicione o seu

  1. Andréa disse:

    Maravilhosa Verdade!
    Tudo que é externo pode ser bonito e podemos contemplar, mas nossa felicidade , alegrias, tem que ser sentidas de dentro, independente que tenha sol ou esteja chovendo ..

    1. Cíñtia Rizzö disse:

      Perfeito, Andréa! Grata pelo seu comentário!❤

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s