Larga o controle, por favor?!

Você não precisa controlar tudo! Não precisa e não deveria, na realidade.

Você já se pegou tentando imaginar o próximo passo, planejando os imprevistos, desenhando cada situação do dia, da semana, do mês? Todos nós planejamos o que vamos fazer, organizamos o dia e, sim, isso é normal. O que acontece é que, por diversas vezes, essa organização se transforma em controle e acabamos por sobrecarregar nossas mentes de tantas ‘pré-ocupações’.

Nos preocupamos com aquilo que poderia vir a ser e que, muitas vezes, não chega nem perto de ser como de fato É na realidade. Quando assumimos o papel de ‘controladores absolutos da vida’ impedimos que a abundância do Universo se manifeste para nós. A vida é um campo de milhares e milhares de possibilidades: o que o faz pensar que você, em sua consciência humana, saberia o melhor dentre todos os infinitos caminhos? O que o faz pensar que você tem a solução e a decisão ideal daquilo que te trará mais plenitude? Confia, poxa!

Pode ser que na sua mente possa ter vindo um pensamento como: “se eu abrir mão do controle eu posso me frustrar” ou “se eu não controlar a vida, não saberei como agir nas situações futuras e isso me traz insegurança”. Sugiro que você busque, dentro de você, o que o faz querer controlar tudo, do cronograma minuto a minuto de uma viagem até o tempo que o Universo demora para trazer aquilo que você tanto deseja.

Você só irá se frustrar se você não tiver amor-próprio para se acolher ‘apesar de’. Apesar de não ter conseguido, apesar de ter chovido, apesar de não ter sido correspondido(a) pela mãe, colega de trabalho, chefe, esposa. Quando estamos plenos de nós, sim, podemos sentir e desejar que tivesse sido de uma outra forma mas, o fato dos caminhos terem sido diferentes dos nossos planos não faz com que nos sintamos inferiores, incapazes e não-merecedores de receber diariamente as bençãos maiores. Nossa confiança de que ‘está tudo certo’ se mantém inabalável e a nossa visão passa a ser treinada em ver beleza em tudo.

E quanto mais beleza vemos, mais bençãos atraímos, mais gratos somos. E quanto mais gratos somos, mais a vida nos traz situações compatíveis com a gratidão.

Abre mão desse controle. Preocupe-se APENAS em se melhorar internamente, ser melhor a cada dia com leveza, autoaceitação e amorosidade consigo mesmo. O resto? Larga! Deixa que os caminhos se apresentem à você e te tragam o prazer de surpresas boas e desejos realizados.

Amor, luz e consciência. Sempre.

Cíñtia Rizzö

 

1 comentário Adicione o seu

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s