Sobre controles, crenças e liberdade!

Não importa o quanto você insista em controlar a sua vida. Ela, mais cedo ou mais tarde, vai te mostrar que é indomável e que a você, cabe apenas a oportunidade de dar o norte, o rumo, a direção.

Não importa o quanto seu ego tinhoso ‘quer porque quer’ alguma coisa. Se não for para o seu bem e para o bem Maior, desista, simplesmente não irá acontecer. Não importa o quanto você insista num plano, numa pessoa ou em um emprego… se não for pra te ajudar a cumprir seu propósito de vida, tudo não passará de planos da sua mente que sempre quer mais.

Agora, talvez, você deva estar se questionando o quanto isso pode soar pessimista, conformista ou sem esperanças. Legítima a sua percepção, mas o convido a refletir: se você quer tanto uma coisa e ela não acontece, será mesmo que é porque Deus/universo ou os anjos não querem o seu bem? Será mesmo que é porque você não merece, a vida é injusta e você é a pobre vítima desafortunada desse mundo?

Não sei você, mas eu me recuso a acreditar que existem punições e castigos. Que existem conquistas através do medo ou da humilhação. Como qualquer pessoa, passei por dezenas de situações que me fizeram questionar os planos desse tal de Universo e, em cada um desses entraves, fui tentada a acreditar que, em alguma instância. eu não seria realizada ‘porque assim era a vida e porque não dá pra ter tudo’.

Crenças, crenças, quantas crenças! Quem disse que não dá para se sentir realizado em todos os âmbitos? Que vida é essa que dá de um lado e tira do outro?

E conforme fui despertando, fui percebendo que esses pensamentos que regiam minha vida não eram meus. Pais, amigos, professores, mídia, chefes e sociedade repetem incessantemente padrões que nos colocam numa boiada que comumente não questiona para onde está indo e porquê.

Quando você resolver se autoquestionar, talvez você perceba que esse objetivo que você quer tanto não corresponde à um querer legítimo: trata-se de um desejo externo, para satisfazer as expectativas dos outros e não as reais vontades da sua alma.   E quando isso acontece, o aprendizado de que você não controla nada vem junto com uma confiança linda nos planos do Universo para você e, então, a frase ‘está tudo certo’ ganhará um sentido e lhe trará uma paz jamais antes sentida.

Minha sugestão? Relaxe! A vida é o que é e, à você, cabe cuidar exclusivamente do seu padrão vibratório. Quando você tiver deixado de lado as expectativas dos outros, a teimosia de achar que você sabe tudo que é melhor para você e se perceber reagindo da melhor maneira possível a cada situação, você começará a viver com mais leveza e gratidão. Com mais doçura e diversão. A partir daí, o ciclo se inicia, energia atraindo energia e o rio da vida passa a fluir de outra forma, por outro caminho – mais iluminado e tranquilo, próspero e amoroso.

Liberte-se, experimente! Reconheça-se!

Amor, luz e consciência. Sempre.

Cíntia Rizzo

Anúncios

2 comentários Adicione o seu

  1. Penso que sim, existem leis universais a cuja margem nada acontecerá. Podemos, porém, investir em conhecê-las e observá-las conscientemente. Pesquise Teoria Metafísica do Conhecimento. O saber liberta, como você sabe. Cordialmente.

    1. Cíñtia Rizzö disse:

      Perfeitamente, Rubi! Concordo, o saber liberta! E acho que quanto mais nos aprofundamentos nas leis do Universo com mais suavidade levamos nossas vidas por aqui, nessa Terra linda. Gratidão pela reflexão,
      Cíntia

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s