Você sempre pode Escolher!

Você acorda e ao abrir os olhos, o mundo já te pede uma primeira decisão: com qual energia você vai se vestir naquele dia? Desse minuto em diante, uma sequência de fatos, encontros e conversas se sucedem e você, novamente, é convidado a escolher. Ininterruptamente!

Para alguns, escolher é algo difícil! Há também aqueles que cresceram com a crença de que ‘em cada escolha há uma renúncia’ rondando a cada instante. Para outros, há situações impossíveis de se escolher e, junto com isso, vem um sentimento de impotência e limitação inestimáveis.

Claro que a vida sempre tem um plano maior orquestrando nossa existência e definitivamente eu acredito que quando abrimos mão de controlar tudo e todos, encontramos mais harmonia e alegria no dia a dia, a cada passo. Porém, talvez você replique dizendo que é justamente esse plano maior que nos faz NÃO ter muita oportunidade para escolher.

Sim, eu queria ser rico ou não ter contas para pagar. Eu queria viajar todos os meses ou não me preocupar com a saúde dos meus pais ou com a educação do meu filho. Ao idealizarmos uma realidade, a desenhamos sem obstáculos, o que é absolutamente natural e perfeito. Porém, só não podemos nos esquecer que são as adversidades que vão nos trazer condições internas de atingir essa tal felicidade que tanto almejamos!

Note que estou falando de adversidades e não de problemas ou dramas. Não estou apoiando o papel de vítima e nem o conformismo, apenas quero te despertar para o fato de que tudo dependerá do seu ponto de vista. O que eu quero dizer com isso?

Sim, você pode não ter o emprego dos sonhos. Mas você tem a escolha de fazer o melhor que pode no seu momento atual enquanto busca e co-cria novas oportunidades. Você pode se queixar por não ter um relacionamento saudável ou escolher olhar para a escassez de amor-próprio que habita dentro do seu coração. O despertador toca cedo, depois de uma noite agitada passada em claro com um filho febril ou com um sonho ruim; nesse instante, você não tem controle sobre essa situação, mas você tem a escolha de abençoar a sua família e o emprego que é a razão para o seu despertar tão precoce.

Pense nisso! Pense nas escolhas que você faz no dia a dia. Pense com mais carinho nas pequenas escolhas! Se alguém fura a fila na qual você está por longos minutos, você escolhe descarregar sua insatisfação e sentimento de justiça sobre essa pessoa ou simplesmente entender que 1 minuto a mais, naquela situação, não fará a menor diferença e que você pode tranquilamente compreender que cada um ‘dá o que tem’?

O livre-arbítrio é algo inerente ao ser humano e você, sempre, SEMPRE, poderá escolher como reagir a cada uma das situações do seu dia. Os exemplos são inúmeros, por isso, te convido a refletir cada escolha do seu caminho – sejam elas corriqueiras ou aparentemente mais difíceis. A escolha está nas suas mãos!

Amor, luz e consciência. Sempre.

Cíntia Rizzo

Anúncios

3 comentários Adicione o seu

  1. Anderson Ferreira da Silva disse:

    Muito bom !

  2. Anderson disse:

    Muito bom. Gratidão!

    1. Cíñtia Rizzö disse:

      Volte sempre, será muito bem vindo em nosso blog, Anderson!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s